Como eu fico emocionada em participar desses ritos de entrega, confiança e amor. Não importa a religião que você siga, mas quando você entrega e se compromete com algo maior em fazer o bem para esse mundo, renova a fé da humanidade.

Ainda tem muita gente se comprometendo em guiar esses pequenos por um caminho do bem e espalhar amor por aí. Essa família foi um dos vários exemplos que eu poderia citar. Mas me tocou especialmente pois o Augusto parecia estar sentindo e entendendo tudo, ele olhava para o padre nos momentos principais. Quando a água caiu na sua cabecinha ele ficou quietinho, prestando atenção enquanto todos oravam juntos. Que onda de amor e de luz nesse momento!

O celebrante um querido, que além de dizer coisas muito lindas, fez todo mundo se sentir super a vontade. Incluiu os priminhos do Augusto na celebração e eles se sentiram super importantes (uma fofura). Nos orientava o tempo todo, se preocupando inclusive com quem estava registrando o momento.

Impossível não sair de lá com a fé e as energias renovadas! E com o desejo de que Deus continue tocando o coração de mais famílias para o bem, para o amor!